Logotipo
Contactos
Rua Jau - Alto de Santo Amaro 1300-312 Lisboa
213617448 / 911140731

Oferta Formativa

Consulte informações sobre a oferta formativa

Documentos

Consulta e download de documentos e formulários.

Legislação

Consulte a legislação em vigor

 

                                                                                        BREVE INTRODUÇÃO

Neste ano letivo 2023/2024, dando continuidade ao Programa de Digitalização para as Escolas, assume especial destaque a implementação e o desenvolvimento dos Planos de Ação e Desenvolvimento Digital das Escolas (PADDE), contribuindo para a sua efetivação a Capacitação Digital dos Docentes, sendo esta uma das áreas prioritárias de formação. As restantes áreas prioritárias de formação são:  Recuperar com a Matemática, Recuperar Incluindo e Capacitar para Avaliar.

É, também, pretensão do CFCM dar resposta às necessidades de formação que as nossas escolas e os nossos docentes  venham a identificar, mobilizando todos os recursos disponíveis para a implementação de uma formação contínua de elevada qualidade. A nossa oferta formativa pretende ser diversificada, daí a pretensão do desenvolvimento  de ações de formação no âmbito do Plano Nacional das Artes e do Plano Nacional de Cinema. Partilhamos um dos príncipios do PNA, que é "usar o poder educativo das artes, dos patrimónios e das culturas para formar a atenção e reconfigurar o horizonte de possibilidades em que nos movemos".

Sendo o CFCM uma entidade formadora na produção de respostas formativas de qualidade assentes na análise das necessidades de formação da comunidade educativa, pretende acompanhar a transição digital em curso em Portugal, através de dinâmicas de trabalho tecnológicas assentes na utilização da nova Plataforma Digital do Centro de Formação Calvet de Magalhães. 

 A Plataforma de Gestão CFAE   já se encontra em pleno funcionamento. Assim, agradecemos que criem uma conta na plataforma através do link:  https://calvetmagalhaes.cfae.pt/utilizador/registar/ 

Depois de criar a conta, o utilizador recebe um email de confirmação que pode ir para a caixa de correio ou para o spam. Qualquer dificuldade, erros, ou sugestões, devem ser enviadas como feedback para o centro de formação.

Saudações cordiais e votos de um excelente ano letivo 2023/2024.

                                                                   A Diretora do Centro de Formação Calvet de Magalhães

                                                                            Gabriela Alexandra de Oliveira Machado

DIVULGAÇÃO

266

Aprendizagem Cooperativa: Um modelo Pedagógico transformador - Projeto COOPERA Plano 23I24 Escola+
Educadores de Infância; Professores de todos os grupos de recrutamento;

ACD

 

4.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Escola Secundária Rainha Dona Amélia

Apresentar o Projeto Coopera, como um exemplo de intervenção pedagógica de sucesso, sustentado na Aprendizagem Cooperativa. Neste sentido, é necessário compreender a Aprendizagem Cooperativa enquanto: 1) modelo de intervenção pedagógica no âmbito da AFC e da Educação Inclusiva; 2) evidência de mudança ...
Ler mais Ler menos

Ref. 194ACD 23.24.14 Inscrições abertas até 26-02-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD.23.24.14

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 4.0 horas

Início: 27-02-2024

Fim: 27-02-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Rainha Dona Amélia

Formador

Sónia Maria dos Santos Peres Moreira

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Calvet Magalhães

Enquadramento

Apresentar o Projeto Coopera, como um exemplo de intervenção pedagógica de sucesso, sustentado na Aprendizagem Cooperativa. Neste sentido, é necessário compreender a Aprendizagem Cooperativa enquanto: 1) modelo de intervenção pedagógica no âmbito da AFC e da Educação Inclusiva; 2) evidência de mudança de paradigma no contexto educativo; 3) movimento transformacional de práticas pedagógicas, avaliativas e organizacionais nas escolas.

Objetivos

Divulgar a Aprendizagem Cooperativa (AC), enquanto metodologia de aprendizagens ativas promotora das diferentes competências para os alunos do século XXI. Apresentar o Projeto Coopera, como um exemplo de intervenção pedagógica de sucesso, sustentado na Aprendizagem Cooperativa. Identificar diferentes formas de organização pedagógica através do Projeto COOPERA.

Conteúdos

1. Aprendizagem Cooperativa: conceito, fundamentos e métodos. 2. Evidências e benefícios da Aprendizagem Cooperativa 3. Recuperar incluindo com o Projeto COOPERA na Escola +21-23 4. Aprendizagem Cooperativa no Projeto COOPERA Plano 23I24 Escola+ 5. Funcionamento das Aulas COOPERA.

Metodologias

• Recurso à exposição, reflexão, partilha e debate; • Valorização e enfoque no trabalho cooperativo (em pares e em grupo); • Sustentação no Princípio do isomorfismo pedagógico da formação contínua (Niza, 2009)


Observações

Exclusiva a docentes das Escolas Associadas ao Centro de Formação Calvet de Magalhães

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 27-02-2024 (Terça-feira) 16:00 - 20:00 4:00 Presencial

INSCREVER-ME
264

Capacitação Digital de Docentes Nível 3
Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo e Secundário; Professores de Educação Especial;

Oficina

 

50.0 horas

 

b-learning

 

Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Escola Secundária de Fonseca Benevides e Online

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa ...
Ler mais Ler menos

Ref. 158TIC 23/24.12 Inscrições abertas até 28-02-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117004/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 29-02-2024

Fim: 09-05-2024

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária de Fonseca Benevides e Online

Formador

Paula Rolo Abrantes

Anabela Rolo Abrantes

Destinatários

Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. No âmbito do Despacho n.º 2053/2021, publicado a 24 de fevereiro, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente..

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Calvet Magalhães

Enquadramento

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as competências digitais dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 3) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de CD dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Pretende-se desenvolver com os docentes de nível 3 (C1/C2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e de processos que lhes permita potenciar as suas competências digitais na promoção de estratégias e ações inovadoras na comunidade educativa. São objetivos específicos: - formular estratégias pedagógicas inovadoras e promotoras das CD dos docentes e alunos; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - promover o desenvolvimento de ações que contribuam para os Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital das suas escolas; - promover e estimular a reflexão, a partilha e a utilização crítica das tecnologias digitais em contexto educativo.

Conteúdos

Os conteúdos da ação surgem, em sentido articulado e incremental, com os conteúdos da formação de nível 1 e 2. - Exploração de documentos de enquadramento das políticas educativas. - Discussão, renovação e inovação na prática profissional. - Reflexão em torno de conceitos relacionados com escolas, professores e alunos digitalmente competentes. - Utilização das tecnologias digitais na colaboração e inovação pedagógica ao serviço da comunidade educativa. - Estratégias e metodologias relacionadas com o desenvolvimento curricular através de ambientes e ferramentas digitais. - Estratégias digitais de caráter científico-pedagógico promotoras do desenvolvimento profissional dos docentes. - Planeamento de atividades didático-pedagógicas promotoras do desenvolvimento da competência digital dos alunos. - Conceção de Planos de Ação para o Desenvolvimento Digital: conceitos, metodologias de desenvolvimento, implementação, monitorização, avaliação.

Metodologias

As sessões presenciais/síncronas são destinadas à exploração do referencial DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas inovadoras num ambiente colaborativo, de partilha e de reflexão; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação, partilha e avaliação; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento da componente de trabalho autónomo. Ao longo das sessões conjuntas estimular-se-á a criação e/ou participação e colaboração em comunidades de prática neste âmbito. No trabalho autónomo pretende-se estimular a planificação e conceção de ações que contribuam para a criação dos Planos de Ação de Desenvolvimento Digital, bem como para a sua regular monitorização e posterior avaliação. Na última sessão presencial os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se momentos para a partilha e reflexão.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Modelo

Aplicação de inquéritos por questionários aos formandos e aos formadores.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN EU Science Hub (2018). Self-reflection tool for digitally capable schools (SELFIE). Disponível em: https://ec.europa.eu/jrc/en/digcomporg/selfie-tool Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf


Observações

Professores com o Nível de Proficiência 3, ou que tenham frequentado o Nível 2 com aproveitamento.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 29-02-2024 (Quinta-feira) 17:00 - 20:30 3:30 Presencial
2 07-03-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
3 14-03-2024 (Quinta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
4 21-03-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
5 04-04-2024 (Quinta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
6 11-04-2024 (Quinta-feira) 17:00 - 20:30 3:30 Online síncrona
7 18-04-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona
8 09-05-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
262

Capacitação Digital de Docentes – Nível 2
Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo e Secundário; Professores de Educação Especial;

Oficina

 

50.0 horas

 

b-learning

 

Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Escola Secundária de Fonseca Benevides e Online

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa ...
Ler mais Ler menos

Ref. 128TIC 23/24.11 Inscrições abertas até 28-02-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117003/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 01-03-2024

Fim: 03-05-2024

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária de Fonseca Benevides e Online

Formador

Anabela Rolo Abrantes

Destinatários

Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. No âmbito do Despacho n.º 2053/2021, publicado a 24 de fevereiro, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente..

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Calvet Magalhães

Enquadramento

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as CD dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 2) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de competências digitais dos alunos.

Objetivos

Esta ação de formação pretende desenvolver com os docentes de nível 2 (B1/B2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e estratégias que lhes permita desenvolver CD do nível seguinte (C1/C2 do DigCompEdu). São objetivos específicos: - promover o desenvolvimento, aprofundamento e densificação das CD dos docentes, tendo em vista as 6 áreas do referencial DigCompEdu; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - capacitar os docentes para a implementação de atividades que promovam a aprendizagem e o desenvolvimento das CD dos alunos; - estimular a reflexão, partilha e utilização crítica das tecnologias em contexto educativo.

Conteúdos

- Documentos de enquadramento das políticas educativas. - Envolvimento profissional: Discussão, renovação e inovação na prática profissional. Processos de liderança na era digital. - Recursos Educativos Digitais (RED): Utilização de estratégias e RED avançados de forma abrangente. Promoção da utilização de RED de forma colaborativa. - Ensino e Aprendizagem: Renovação da prática de ensino de forma estratégica e intencional. Inovação no processo de ensino e de aprendizagem em diferentes modalidades de ensino. - Avaliação das aprendizagens: Reflexão crítica sobre estratégias de avaliação digital. Inovação na avaliação das aprendizagens com recursos a soluções digitais. - CD dos Alunos: Promoção da CD dos alunos de forma abrangente e crítica. Inovação no envolvimento dos alunos utilizando formatos inovadores para promover a sua CD. - Planeamento da formação e aprendizagem ao longo da vida.

Metodologias

Presencial- As sessões presenciais são destinadas à exploração do DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas de partilha, suportadas por um ambiente colaborativo; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação e avaliação; à planificação e criação de atividades a implementar na escola, que promovam o desenvolvimento das CD docente e, simultaneamente, dos alunos; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento profissional docente. Trabalho autónomo - Em específico, na componente de trabalho autónomo, pretende-se assegurar a implementação das atividades planificadas nas sessões presenciais, em situações reais de ensino-aprendizagem com alunos, articulando o DigCompEdu com o respetivo currículo, e a reflexão sobre as práticas desenvolvidas. Na última sessão, os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se a discussão e a partilha.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Modelo

Aplicação de inquéritos por questionários aos formandos e aos formadores.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf Ministério da Educação (2017). Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Lisboa: ME.

Anexo(s)

Ficha da Ação


Observações

Todos os Formadores desta Oficina de Formação, realizaram a Ação de Formação: "Formação de Formadores de Capacitação Digital de Docentes" com o número de acreditação CCCFC/ACC-108771/20, promovida pela Direção Geral de Educação.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 01-03-2024 (Sexta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
2 08-03-2024 (Sexta-feira) 17:00 - 20:30 3:30 Online síncrona
3 15-03-2024 (Sexta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
4 22-03-2024 (Sexta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
5 12-04-2024 (Sexta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
6 19-04-2024 (Sexta-feira) 17:00 - 20:30 3:30 Online síncrona
7 26-04-2024 (Sexta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona
8 03-05-2024 (Sexta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME
267

Vamos falar sobre cinema? - Take 13: Cinema, Resistência e Liberdade
Educadores de Infância; Professores de todos os grupos de recrutamento;

ACD

 

3.0 horas

 

e-learning

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Online através da plataforma ZOOM

Esta proposta de Ação de Formação de Curta Duração insere-se na série de ACD's online do PLANO NACIONAL DE CINEMA, que visam aprofundar a relação do cinema com as grandes Áreas de Competências constantes no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, nomeadamente: - Informação e Comunicação, ...
Ler mais Ler menos

Ref. 195ACD 23/24.15 Inscrições abertas até 05-03-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: ACD 23/24.15

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 07-03-2024

Fim: 07-03-2024

Regime: e-learning

Local: Online através da plataforma ZOOM

Formador

Elsa Maria Carneiro Mendes

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Despacho n.º 5741/2015 - Enquadra-se na possibilidade de ser reconhecida e certificada como ação deformação de curta duração a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 22/2014. 

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Calvet Magalhães/Plano Nacional de Cinema

Enquadramento

Esta proposta de Ação de Formação de Curta Duração insere-se na série de ACD's online do PLANO NACIONAL DE CINEMA, que visam aprofundar a relação do cinema com as grandes Áreas de Competências constantes no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, nomeadamente: - Informação e Comunicação, Relacionamento interpessoal, Desenvolvimento Pessoal e Autonomia, Pensamento Crítico e Criativo e Sensibilidade Estética e Artística. Tendo como referência o Plano Integrado para a Recuperação das Aprendizagens - Plano 23|24 Escola+, estas ações vão ao encontro dos pressupostos expressos nos documentos de orientação curricular base denominados Aprendizagens Essenciais, constituindo-se como instrumentos de apoio, quer ao trabalho pedagógico desenvolvido com recurso a filmes, quer à viabilização de uma gestão flexível do currículo, orientada pelos docentes nas suas comunidades educativas. No caso desta ACD em particular, no quadro da Programação PNC - 25 Filmes - 25 de Abril, ela tem como principal objetivo trabalhar com os professores o filme 48, de Susana de Sousa Dias, com vista a introduzir esta obra cinematográfica em contextos e/ou projetos pedagógicos de trabalho com os alunos.

Objetivos

- Compreender a relevância do cinema para o estudo de determinadas épocas/conjunturas, processos históricos/culturais e para evitar o esquecimento sobre períodos, factos e personagens marcantes da História de Portugal e da conjuntura da transição da Ditadura para a Democracia. - Refletir sobre realidades do período da Ditadura e da transição para a Democracia através do cinema. - Contextualizar historicamente o filme 48, imbricando a história coletiva e a história familiar, a história política e a história sensível. Reconhecer a importância das memórias individuais e coletivas para o conhecimento dos passados dolorosos. - Articular a história e o presente, percebendo como o desconhecimento sobre o autoritarismo e o totalitarismo podem conduzir ao fanatismo e à instrumentalização da História, perspetivando desenvolver o sentido cívico e o espírito crítico dos alunos. -Trabalhar com os jovens a força simbólica e icónica da imagem em movimento, conhecer a sua relação com a História, e perceber o seu poder enquanto estratégia transformadora da realidade. - Perceber o cinema como um instrumento de consciencialização política e como modo de interpelação da História, incentivando a assumir com mais significado a participação na vida democrática. - Valorizar o testemunho das personagens e o modo como o cinema os aborda enquanto recursos valiosos, quer para uma história sensível do Estado Novo, quer para os modos cinematográficos de representação da História. - No quadro da digitalização do cinema português, devolver o património cinematográfico português às comunidades educativas. - Promover a criação de uma rede de partilha em torno da cultura do cinema. Conteúdos - Apresentação de diferentes programações cinematográficas no âmbito das Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. - Apresentação do filme 48, de Susana de Sousa Dias. Convidados: Susana de Sousa Dias (Realizadora, Investigadora, Professora - Faculdade Belas-Artes - Universidade de Lisboa), Raquel Schefer (Professora - Universidade Sorbonne Nouvelle, Investigadora, Programadora e autora do dossiê pedagógico sobre o filme) e Clemente Alves (ex-preso político).

Conteúdos

- Apresentação de diferentes programações cinematográficas no âmbito das Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. - Apresentação do filme 48, de Susana de Sousa Dias. Convidados: Susana de Sousa Dias (Realizadora, Investigadora, Professora - Faculdade Belas-Artes - Universidade de Lisboa), Raquel Schefer (Professora - Universidade Sorbonne Nouvelle, Investigadora, Programadora e autora do dossiê pedagógico sobre o filme) e Clemente Alves (ex-preso político).

Modelo

Questionário de satisfação por resposta on-line, a submeter até 2 dias após a realização da ACD


Observações

Moderação: Sérgio Dias Branco (Professor- Universidade de Coimbra, Investigador, Programador)

Os professores/educadores que desejarem creditação, após a frequência da ACD, devem solicitar o certificado de frequência. Este têm um custo de 5 euros. Para proceder ao pagamento devem transferir a verba de 5,00 € utilizando o: NIB: 0781 0112 0112 0012 91 310 ou IBAN: PT500 781 01 120 112 001 291 310 ( Escola Secundária de Fonseca Benevides). O comprovativo de pagamento deverá ser enviado para andreia.santos@esfb.pt

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 07-03-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona

INSCREVER-ME